Parabéns Resende!

29 de setembro: nessa data a minha cidade faz aniversário. Em 2018, Resende está completando 217 anos. Já mais velha que uma senhora, ela é uma das mais antigas da região e teve grande importância no Brasil Colônia principalmente por causa do plantio do café.

Não é só por isso que Resende é importante. Quem me conhece sabe o quanto tenho orgulho de ser daqui. São 26 anos de vida atrelada à essa cidade. Muitas histórias, muitas pessoas e muitos lugares. Tenho um carinho especial por cada canto e conheço a cidade como a palma da minha mão. É como alguém da família: sei todas as suas qualidades e, consequentemente, também todos os seus defeitos.

No 5º ano do ensino fundamental, minha professora, que se chamava Sônia Santoro (e dizia que era parente do Rodrigo Santoro) nos ensinou o hino da cidade. Precisávamos aprender para cantar em uma apresentação do colégio e desde então eu nunca mais esqueci. Quantos de vocês conhecem o hino do município onde moram? Ponto para Sônia!

CRIS OLIVEIRA (22)
Um dos principais cartões postais da cidade, a Ponte Velha (Nilo Peçanha). Crédito: um amigo muito talentoso chamado Cris Oliveira

Se você ainda não conhece a cidade, queria apresentá-la de uma maneira especial:

Resende tem aproximadamente 130 mil habitantes. Fica a 2h30min do Rio de Janeiro e a cerca de 3h30min de São Paulo. A economia do município gira em torno da indústria. Há muitas fábricas instaladas aqui. Resende também tem um comércio considerável, que cresce cada dia mais (principalmente nas áreas periféricas, como Cidade Alegria), e também conta com a Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN).

O Rio Paraíba do Sul corta a cidade. No Campos Elíseos, principal bairro comercial, você pode caminhar pela margem. Houve uma época em que era possível navegar em uma balsa pelo rio. Foi uma experiência interessante… Nunca tinha visto a cidade sob a perspectiva de quem está dentro do rio. Infelizmente, por algum motivo que desconheço, esse recurso acabou.

Eu gosto do rio. No verão ele parece fresco. Aliás, nessa estação a cidade é quente. Bem quente. E esse calor faz com que nos bairros mais residenciais e periféricos haja muitas pessoas na rua pela noite. É uma delícia. Eu morei na Cidade Alegria e lá, até umas 22h, era possível ver muita gente sentada na calçada batendo papo com o vizinho ou vigiando as crianças brincarem. Uma coisa que raramente se vê por aí em cidades maiores.

Resende tem esse clima de cidade em desenvolvimento, mas preserva suas características de interior. Por falar nisso, costumam dizer que os resendenses são bem conservadores. Talvez por ser de uma geração diferente, eu vejo meus colegas e contemporâneos bem abertos, mas tenho que concordar que de certa forma é uma característica daqueles que nascem aqui.

O turismo na cidade acontece, mas não é uma atividade principal. Essa tarefa fica para os distritos de Visconde de Mauá e Maringá. No inverno, esses lugares ficam agitados. É época de subir a serra para tomar um vinho, comer queijo, pinhão e curtir o clima. Até no verão esses locais são aproveitados: tem muitas cachoeiras. Já ouviu falar na Cachoeira do Escorrega? Resende também é para os radicais! Muitas pessoas procuram o município por causa do paraquedismo, praticado no aeroporto municipal.

Falando em estação, outra que gosto muito é a primavera. O que tem de Ipê florido aqui não tá no gibi. São cores para todos os lados. No Campos Elíseos, próximo à Galeria APM, as árvores fazem um tapete no chão. Me encanta!

O carinho que tenho por Resende é alimentado justamente pelo fato de que a minha história pessoal se entrelaça com a história da cidade. Não tem nada mais nostálgico do que voltar a lugares que lembro ter ido quando eu ainda era criança.

O bairro onde moro atualmente, por exemplo, não era quase nada há alguns anos atrás. Como nas fotos ali em cima, onde meu pai me segura no colo com uma obra no plano de fundo, consigo identificar coisas que não existiam: o lugar onde hoje é a rodoviária e o condomínio onde eu moro! (Ual!)

Então, Resende, parabéns pelo seu aniversário. Que, como desejo a um amigo querido, você cresça em graça. Continuamos por aqui, caminhando lado a lado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s